O projeto "Casa do Blues" após oito anos, abre suas portas para São Jose do Rio Preto e região.

Minha foto
São José do Rio Preto, São Paulo, Brazil
O projeto "Casa do Blues", após 8 anos, transfere suas atividades para São Jose do Rio Preto, trazendo uma opção diferenciada em entretenimento noturno para a cidade e região, acreditando no seguimento blues-rock, oferecemos o melhor do seguimento, videos em altíssima definição, cardápio muito bem elaborado com pratos da culinária nacional e internacional, bebidas de variadas nacionalidades e cerveja artesanal da melhor qualidade, venha conhecer nosso espaço, também com musica ao vivo aos finais de semana, Fone: (17)991491352.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Da Escócia para o mundo.

A JOHNNIE WALKER tem uma história de determinação que se estende por três gerações de uma família. Cada geração compartilhou da mesma paixão pela fabricação e destilação do uísque. Johnnie era filho do fazendeiro, Alexander Walker, que morreu em 1819, e o rapaz, então com 15 anos, era muito novo para continuar tocando a fazenda da família.


Com a venda da fazenda, John abriu uma pequena loja em 1820 na cidade de Kilmarnock, localizada no oeste da Escócia, investindo £417 no novo negócio. O pequeno estabelecimento vendia chás, vinhos, bebidas e comidas secas, começando a desenvolver uma clientela de alta reputação. Enquanto isso, o mercado de uísque estava mudando no mundo inteiro. As destilarias, muitas delas ilícitas, começaram a se profissionalizar e Johnnie viu uma grande oportunidade de ingressar nesse ramo de atividade, começando a destilar seu próprio uísque. Utilizando toda sua habilidade, iniciou a produção, vendendo o produto para seus clientes, que logo começaram a exigir um nome para o uísque. Foi neste momento que o uísque ganhou o nome de JOHNNIE WALKER. Em 1857, o filho de John, Alexander, assumiu os negócios da família com a morte de seu pai.

Em 1865 surgiu o percussor do Black Label chamado Walker Old Highland Whisky, mediante a combinação de cerca de 40 dos melhores maltes e uísques de grãos escoceses, envelhecidos por, no mínimo, 12 anos. Em 1867, criou a etiqueta para o uísque, muito parecida com a etiqueta atual do Black Label. Em 1876, conseguiu registrar como marca, o modelo da tradicional garrafa quadrada, introduzida em 1870, e as cores preta e ouro das escritas de seu rótulo. Em 1880, abriu escritório na cidade Londres, por onde exportava seu produto para o resto do mundo. Quando Alexander morreu em 1889, deixou o negócio para seus dois filhos, George e Alexander. Alexander ficava responsável pela produção dos uísques e George viajava o mundo estabelecendo uma rede de distribuição. Em 1920, podia-se encontrar os uísques Johnnie Walker em 120 países. Nas décadas de 30 e 40, investiu no setor de distribuição para popularizar ainda mais a marca pelo mundo.

O resto da história é o sucesso de uma marca que se espalhou pelo mundo.

Whisky Johnnie Walker Red Label 1L. Produzido na Escócia e envelhecido em barris de carvalho. Seu sabor leve e curto é resultado da fermentação precisa de seus maltes. Sua cor, força e aroma exuberante o fazem o whisky mais vendido no mundo. Graduação alcoólica 40% vol.
Johnnie Walker Black Label é o resultado criterioso da mistura de mais de 40 "single malts" envelhecidos, por no mínimo, 12 anos. Graduação alcoólica 40% vol.
Johnnie Walker Green Pure Malt. Primeiro Scotch Whisky vendido no Brasil, composto apenas por maltes, tendo como principal diferencial o sabor scotch whisky mais suave que os simples maltes. Esses maltes são provenientes unicamente da região mais famosa da Escócia, as Terras Altas, que é reconhecida pela indiscutível qualidade de seus whiskies.
Johnnie Walker Gold Label. Com 18 anos de envelhecimento, este Scotch Whisky Premium é composto por 15 whiskys, que compõe a profundidade, doçura e aroma fresco, principais características do Gold Label. A água utilizada em sua composição, provém de um manancial de onde se extrai ouro, fazendo com que seu sabor seja único. Graduação alc. 40% vol.
Johnnie Walker Blue Label. Lançado em 1909 por George & Alexender Walker, netos de John Walker, que decidiram criar um "Blended Scoth Whisky" que fosse ao mesmo tempo rico e encorpado. Blue Label tem uma selação inigüalável de mais de 35 maltes na sua composição, que garantem a sua superioridade. Possui aroma doce amadeirado, cravo-da-índia, doce de manteiga e sabor rico com mel. Johnnie Walker é o whisky escocês mais vendido no mundo e sinônimo de categoria no Brasil. Acompanha lindo cartucho, com parte interna em cetim. Ideal para presente! Graduação alc. 40% vol.
Edição de colecionador contendo 4 tipo diferentes de miniaturas de 200 ml, lançada em 2002 sendo que as graduaçoes alcoolicas são de 43%.

Trabalhamos com toda linha da Diageo e Pernod Ricard
distribuída no Brasil, inclusive bebidas de alto luxo,
encomendas por telefone ou email.

Um comentário: